Datas Comemorativas

Hoje é: Dia da Criatividade.

Amanhã é: Dia do Conselheiro Tutelar.

De 10 em 10 - Notícias desta segunda-feira, 10, que você não pode deixar de saber para comentar por aí:

1 - A cada 40 segundos, há um suicídio no mundo. No Brasil, há um suicídio a cada 45 minutos. Os dados mundiais indicam que ocorre uma tentativa a cada três segundos e um suicídio a cada 40 segundos. No total, chega-se a 1 milhão de suicídios no mundo. Provocar o fim da própria vida está entre as principais causas das mortes entre jovens, de 15 a 29 anos, e também de crianças e adolescentes. No esforço para mudar esses números, a Organização Mundial da Saúde (OMS) definiu que a data de 10 de Setembro é o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio. Há quatro anos a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), em parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM), promove a campanha nacional Setembro Amarelo.

2 - Termina dia 28 o prazo para que cotistas do PIS com idade inferior a 60 anos possam retirar seu benefício. Por força da Lei 13.677/18 e Decreto 9.409/18, os trabalhadores cadastrados no PIS entre 1971 e 4 de outubro de 1988 podem resgatar o PIS, independentemente da idade. Aproximadamente 11,8 milhões de brasileiros ainda não realizaram o saque das cotas que têm direito. O valor total disponível ultrapassa R$ 20,2 bilhões.

3 - A partir deste mês, a Basf lança um projeto para mostrar que é possível indústria e meio ambiente ocuparem o mesmo espaço de forma harmônica, gerando resultados nos negócios e fazendo a diferença na vida das pessoas. A primeira etapa da ação inclui quatro vídeos para TV aberta e paga e conteúdos para internet que ressaltam o “Jeito E” - o jeito Basf de enxergar o futuro e colocar a sustentabilidade em prática.

4 - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou dia 4 apoio financeiro não reembolsável de R$ 14,2 milhões para restauração do complexo arquitetônico da Igreja de São Francisco de Assis e da Casa do Conde de Assumar, localizados no município de Mariana, em Minas Gerais.

5 - No Dia do Médico-Veterinário, comemorado neste domingo, 9 de setembro, as mulheres já representam pouco mais da metade dos profissionais registrados no país. Dos 124.253 inscritos e atuantes no Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), 62.527 são do sexo feminino e a maioria atua em São Paulo, estado brasileiro com 20 mil médicas-veterinárias.

São Paulo, inclusive, contempla o maior número de profissionais do país, com um total de 33,6 mil médicos-veterinários, seguido por Minas Gerais, com 13,8 mil; Rio Grande do Sul e Paraná, ambos com mais de 11 mil; e pelo Rio de Janeiro, onde há 10,3 mil médicos-veterinários exercendo a atividade.

Do universo de profissionais brasileiros, mais da metade (57%) tem entre 31 e 50 anos idade. Outros 24% estão entre os 20 e 30 anos; e 17% estão na faixa etária de 51 a 70 anos.

Dos 124 mil médicos-veterinários com registros ativos no Brasil, 28,5 mil atuam como Responsáveis Técnicos (RT). Tratam-se de profissionais que respondem técnica, ética e legalmente pelas atividades desenvolvidas em determinada empresa. O objetivo é assegurar à sociedade que os serviços prestados pelos estabelecimentos são realizados e supervisionados por um profissional habilitado, garantindo segurança técnica e jurídica.

Do total de RTs, 30% são responsáveis técnicos em serviços veterinários (ambulatórios, clínicas, consultórios e hospitais); 29% em comércios de produtos veterinários; 18% em estabelecimentos de produtos de origem animal (abatedouros, frigoríficos, laticínios e entrepostos); e 23% distribuídos em outros ramos diversos de atividades.

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao Ministério da Educação (MEC), em 2001 existiam 100 cursos de Medicina Veterinária no Brasil, sendo que pouco mais de 2800 alunos concluíram a faculdade naquele ano. Hoje, há mais de 340 cursos licenciados pelo MEC. Além disso, em 2016, o Inep registrou 8.750 formandos em Medicina Veterinária. Em 15 anos, um aumento de 207,34% no número de egressos.

6 - Foi sancionada recentemente a lei que atualiza os valores de pensão para os portadores da Síndrome de Talidomida. Anteriormente fixado em R$ 425 por ponto de avaliação, agora o montante base passa a ser de R$ 1.000. Para saber a pensão mensal que o paciente terá direito, é preciso multiplicar esta quantia pelo total de pontos indicadores do grau de dependência resultante da deficiência física, que varia entre 1 e 8 pontos, a depender do nível de dificuldade para locomoção, alimentação, higiene e incapacidade ao trabalho. Esta revisão é retroativa a 1º de janeiro de 2016.

7 - Nos dias 13 e 14, prefeitos, gestores públicos e vereadores reúnem-se em Ponta Grossa em busca de soluções tecnológicas que melhorem o atendimento na esfera municipal. Representantes de pelo menos 100 municípios já estão inscritos para o 6º Congresso Paranaense de Cidades Digitais, promovido pela Rede Cidade Digital (RCD) em parceria com a Prefeitura de Ponta Grossa. O objetivo, conforme ressalta o diretor da RCD, José Marinho, é facilitar o acesso das Prefeituras à inovação. Inscrições gratuitas para servidores públicos. Informações pelo congresso@redecidadedigital.com.br ou pelo (41)3015-6812.

8 - Os custos de cuidados com a saúde dos trabalhadores, na utilização de planos de saúde, se tornaram a segunda maior despesa das empresas, superado apenas pelos custos da folha de pagamento. É o que revela um balanço feito pela consultoria de benefícios e capital humano AON. De acordo com o levantamento, para 36% das empresas analisadas, a assistência médica pode representar de 5 a 10% da folha de pagamento.

9 - Em reunião com Andreas Schleicher, diretor para educação e competências e conselheiro sobre políticas de educação da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o ministro da Educação, Rossieli Soares, reforçou a defesa de que o Brasil precisar ter uma interpretação pedagógica própria das avaliações que aplica, agora que já conta com uma Base Nacional Comum Curricular (BNCC) da educação infantil e do ensino fundamental. A reunião ocorreu na tarde de sexta-feira,7, na sede da OCDE, em Paris.

10 - Brasileiros que investem nos EUA podem migrar legalmente com suas famílias. Para orientar e esclarecer as dúvidas de potenciais investidores, Curitiba recebe pela primeira vez o Seminário Investir e Migrar nos EUA, no dia 17 de setembro (segunda-feira), às 18h30, na sede da Amcham (Rua João Marchesini, 139 - Prado Velho). O advogado George Cunha, titular do escritório Advocacia Internacional George Cunha, escolhido pela UGlobal e pela EB5 Investors Magazine nos Estados Unidos como um dos 100 melhores escritórios de imigração do mundo, vai mostrar quais são os passos a seguir para obter o Green Card nessa modalidade. As inscrições são gratuitas e as vagas limitadas. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site www.programaeb5.com.br . Mais informações pelo WhatsApp (11) 963649303

obs: respeitar letras maiúsculas e minúsculas

obs: respeitar letras maiúsculas e minúsculas