Datas Comemorativas

Hoje é: Dia do Médico.

Amanhã é: Dia do Profissional da Informática.

Alunos participam de projeto da primeira sonda brasileira

Alunos do Ensino Fundamental e Médio do Colégio Ari de Sá Cavalcante, escola SAS de Fortaleza (CE), foram convidados para participar de um projeto que enviará a primeira sonda brasileira ao espaço para coletar dados e realizar experimentos. Divididos em três equipes de 15 pessoas, os alunos de 11 a 17 anos desenvolveram, com a orientação dos professores, três cápsulas que levarão experimentos biológicos para o espaço.

“Esse projeto está dentro da Garatea-E, que faz parte do Zenith, um projeto da USP e de outras universidades federais para enviar a primeira sonda espacial totalmente brasileira ao espaço”, explica Marcos Severiano, Coordenador Pedagógico do Colégio Ari de Sá. “Para participar, os alunos precisaram levantar dinheiro através de uma campanha na internet que começou há um mês e meio e a meta foi atingida rapidamente”, acrescenta o professor.

Toda a estrutura elétrica e mecânica foi desenvolvida pelos alunos. Para conseguir suporte teórico, entraram em contato com o brasileiro Marcelo Gleiser, físico, astrônomo e professor na Dortmund College (EUA). Por esse motivo, as cápsulas levaram o nome de Gleiser I, II e III. “Criamos três sondas: a primeira, feita pelo Ensino Médio, contém sensores para estudos da estratosfera, sementes de alface, aroeira preta, e o intuito é que vejamos de que forma o voo pode interferir no crescimento delas. A segunda foi feita pelo Ensino Fundamental e tem pequenos pedaços de pão em decomposição para estudar de que forma os fungos podem se comportar no espaço. A terceira é complementar da primeira; queremos isolar as sementes expondo à radiação”, conta o aluno Luiz Farias Serravalle, que aos 17 anos atua como diretor do projeto.

As cápsulas serão enviadas por um balão aeroespacial a ser lançado no próximo dia 24 de junho, na cidade de São Carlos (SP), por uma equipe da USP, e contará com a presença de quatro alunos do SAS. Os resultados servirão de base para a primeira missão brasileira que enviará um satélite para a Lua no ano de 2020. “É uma oportunidade incrível participar da primeira missão que vai permitir que alunos enviem sondas para a estratosfera. Sou fascinado pelo espaço desde criança e quero fazer engenharia aeroespacial”, finaliza Luiz Farias.

obs: respeitar letras maiúsculas e minúsculas

obs: respeitar letras maiúsculas e minúsculas

Coluna 10

Artigo do Dia