Datas Comemorativas

Hoje é: Nascimento de Linus Pauling, cientista, EUA (1901).

Amanhã é: Dia Mundial das Doenças Raras. Foi escolhido este dia exatamente por ser também ele raro. Nos anos que não são bissextos, comemora-se no dia anterior, dia 28 de fevereiro.

Artigos

Pedro Antônio Bernardi - pedro.professor@gmail.com

Jornalista, economista e professor.

Ponto de vista sobre as corrupções: lição e conversão

É hora de fazer profunda reflexão coletiva sobre custos e prejuízos que as corrupções causam à qualidade de vida, saúde, segurança e bem estar dos brasileiros. Comecemos avaliando sucintamente o perfil dos corruptos, corruptores e autoridades: a maioria se diz cristão, batizado e crismado, com formação escolar de nível médio e superior, status social de classe média alta, ocupantes de cargos privilegiados, dominam dois ou mais idiomas, talentosos e inteligências privilegiadas.

Neste momento, a política, a economia, a ética e o respeito estão profundamente enfermos, porém é ocasião de reaprender e restaurar a ordem e a dignidade. Há dois remédios para restabelecer a saúde do Brasil em curto espaço de tempo. Primeiro, a situação caótica atual sirva de lição para os cidadãos eleitores.

Segundo, corruptos e corruptores devolvam centavo por centavo o montante furtado, escrevam e publiquem falhas e brechas das legislações que possibilitam o roubo, peçam perdão ao semelhante e a Deus por pecarem contra o 7.º Mandamento. Mandatários das esferas federal, estadual e municipal e dirigentes de instituições tem igual responsabilidade, ou maior, dos corruptos e corruptores.

Reconhecer publicamente erros e incompetências, devolver integralmente as cifras desviadas dos seus fins e suprir danos sociais e morais são passos seguros para a retomada do progresso, desenvolvimento e dignificação dos cidadãos.

É oportuno alertar que há outro tumor maligno que precisa urgentemente ser extirpado. O Brasil também está sendo destruído pela língua. Não há senso crítico que diferencie o que é verdade e o que é enganação publicitária. Os bombardeios de palavrões e agressões verbais entre autoridades chacinam a educação e formação de crianças e jovens, trucidam bons costumes e tradições, tetanizam a moral e a ética, assassinam as crenças e a espiritualidade. O grito popular denuncia que a corrupção da linguagem é segunda arma destruidora de esperanças, crenças e fé.

A população não espere saciar a sede e a fome pela intervenção divina de dimensão espiritual. Voto, voz, liberdade e democracia não combinam e muito menos admitem circunstância alguma corrupção, inabilidade governamental e administrativa, incompetência gerencial pública. Sensível, o povo saberá reconhecer o ser humano arrependido que devolveu o que não lhe pertence.

Por sua vez, o Criador ajuda diuturnamente o justo, mas quem vai salvar o Brasil dos atuais desesperos e fantasmas são a postura, a união e a ação ordeira das 200 milhões de criaturas. Em suma, Deus é gerador de sabedoria, bondade e misericórdia, mas é justo juiz. Perdoa o pecador arrependido e ninguém consegue enganá-Lo.

Converter-se implica reparar o prejuízo causado ao próximo por apropriar-se do que não é seu. Com o dinheiro do mensalão, Petrobras e Lava-Jato o país poderia construir cerca de um milhão de casas populares. E mais: por conta da corrupção denunciada e revelada, milhões de brasileiros estão desempregados e passam fome, sofrem por falta de assistência médica e hospitalar, morrem por não ter condições de comprar remédios.

Veja outros artigos deste autorVeja artigos de outros autores

obs: respeitar letras maiúsculas e minúsculas

obs: respeitar letras maiúsculas e minúsculas