Datas Comemorativas

Hoje é: Dia Mundial da Ciência.

Amanhã é: Dia do Doador de Sangue.

Artigos

Dirceu Minetto - dminetto@gmail.com

CEO e fundador da Edumais, possui 20 anos de experiência como professor em escolas como Senai e Senac.

É hora de compartilhar conhecimento e curtir a renda extra

Não é fácil ser professor no Brasil. A profissão é uma das mais essenciais para o desenvolvimento de qualquer sociedade, mas o país está longe de valorizar seus professores. Falta incentivo, estrutura adequada e, principalmente, um salário justo.

Mesmo assim, 2 milhões de profissionais batalham diariamente para ensinar ao próximo um pouco daquilo que sabem. Impulsionados pela paixão, os professores superam as dificuldades e trabalham com uma das matérias-primas mais valiosas que há no mundo: o conhecimento.

Os professores são pagos para “lapidar” sua sabedoria e transformá-la em uma aula. Por séculos, esse processo esteve engessado e limitou a renda máxima destes profissionais. Em outras palavras, o professor só recebia proporcionalmente ao número de horas-aula em que ele trabalhava.

Porém, o avanço da tecnologia “libertou” os professores do espaço e do tempo. Já não é mais preciso que aquele que detém o conhecimento esteja no mesmo instante e no mesmo local que aquele que quer aprender. Por meio da internet, as aulas podem ser disseminadas a qualquer hora e em qualquer lugar do mundo.

Essa nova situação cria uma possibilidade real de renda extra para os professores. Fadados pelo mercado cada vez mais desvalorizado, esse é o momento propício para que esses profissionais tenham uma atitude empreendedora e ofereçam seus conteúdos na internet. A aceitação maciça do brasileiro pela tecnologia e a popularização da internet de banda larga deixa o cenário ainda mais atraente para quem quer se aventurar no mundo digital.

Mas e a crise econômica? Ela só é mais um fator que contribui para esse cenário. Vivemos um momento em que todos estão atrás de alternativas para reduzir custos. Não é diferente na busca pelo conhecimento, na qual alunos procuram meios alternativos e mais baratos para aprender e se especializar.

As cartas estão na mesa e as possibilidades são infinitas. Hoje, há plataformas gratuitas que dão todo o suporte para que o professor disponibilize seus cursos online. O momento é ideal para compartilhar conhecimento, reinventar o ensino e ainda garantir uma renda extra. Aos professores e entusiastas, é hora de aproveitar a maré e pegar essa onda.

Veja outros artigos deste autorVeja artigos de outros autores

obs: respeitar letras maiúsculas e minúsculas

obs: respeitar letras maiúsculas e minúsculas